terça-feira, 23 de agosto de 2011

A luta de classes já não é o que era

Depois de Warren E. Buffett, considerado o terceiro homem mais rico do mundo (alguém tem o seu número de telefone?), ter vindo afirmar que devia, ele próprio, pagar mais impostos, foi a vez de um grupo de multimilionários franceses disponibilizar-se para ajudar a combater a crise.
Em Portugal, sempre na vanguarda, Belmiro de Azevedo defendeu, já o ano passado, soluções muito menos reformistas, chegando mesmo a lembrar que quando o povo tem fome, tem direito a roubar.
Uma frase que confirma que os nossos capitalistas são muito mais à esquerda.

2 comentários:

  1. Tiro o chapéu. Na mouche!

    ResponderEliminar
  2. Não sei se é na mouche, mas que isto anda confuso, anda. Claro está que chapéus há muitos...

    ResponderEliminar